Toque na mama auxilia na detecção precoce de câncer e implica em 90% de chance de cura

O autoexame tem importância fundamental para a prevenção do câncer de mama e as mulheres, principalmente devem realizá-lo mensalmente.
11 de Outubro de 2021 às 15:59

Foto: Reprodução/ Ascom Toque na mama auxilia na detecção precoce de câncer e implica em 90% de chance de cura.
Toque na mama auxilia na detecção precoce de câncer e implica em 90% de chance de cura.

A auto-observação e o toque nas mamas são aspectos fundamentais para verificar se a saúde vai bem. O câncer de mama, que também é possível ser identificada em pessoas do sexo masculino, é a neoplasia mais comum entre as mulheres no Brasil e no mundo. Estimativas apontam que a detecção precoce implica em mais de 90% de chance de cura para este tipo de câncer, que é o segundo tipo mais comum entre as mulheres, ficando atrás do Câncer de pele não melanoma. O autoexame tem importância fundamental para a prevenção do câncer de mama e as mulheres, principalmente devem realizá-lo mensalmente. 

Foto: Reprodução/ AscomGinecologista Danielle Borba.
Ginecologista Danielle Borba.

No Brasil, cerca de 13% dos casos de câncer de mama em 2020 poderiam ter sido evitados pela redução de fatores de risco relacionados ao estilo de vida, em especial, da inatividade física. A ginecologista Danielle Borba, da clínica Dmi, recomenda a realização de exames de rotina.

“A realização periódica dos exames vai garantir a manutenção da saúde e prevenção de doenças. Existem muitas doenças ginecológicas que são silenciosas e que quando a mulher percebe já está num grau e fica mais desafiador o tratamento. Recomendamos a realização de exames periódicos, mesmo sem nenhum sintoma, para garantir que a doença seja tratada a contento”, disse.

A mastologista da Dmi Mayra Moreira faz algumas recomendações e explica os procedimentos para o autoexame. “Faça o autoexame das mamas mensalmente, de preferência no 7º ou 8º dias após o início da menstruação, se você é mulher e tem mais de 20 anos, cerca de 90% dos tumores são detectados pela própria paciente. Procure o médico para submeter-se ao exame das mamas a cada 2 ou 3 anos, se está entre 20 e 40 anos. Acima dos 40 anos, realize o exame anualmente”, explica.

O acompanhamento ginecológico deve fazer parte da rotina de cuidados com a saúde de toda mulher. A prevenção continua sendo o melhor caminho para evitar problemas. 

Deixe seu comentário