Trabalhadores da saúde com 50 anos ou mais, já podem agendar a dose de reforço contra a Covid-19

A dose de reforço só deve ser aplicada após um período de 6 meses da segunda dose
13 de Outubro de 2021 às 15:00 - Atualizada em 16h06

Foto: Reprodução / Internet Trabalhadores da saúde com 50 anos ou mais, já podem agendar a dose de reforço contra a Covid-19
Trabalhadores da saúde com 50 anos ou mais, já podem agendar a dose de reforço contra a Covid-19

Nesta quarta-feira (13), às 18:00, abrirá o agendamento para aplicação da dose de reforço para trabalhadores  da saúde com 50 anos ou mais. A dose de reforço será com o imunizante Pfizer.

Só poderá tomar a dose de reforço, quem tenha tomado a segunda dose após um período de 6 meses.

O agendamento será realizado no site Vacina Já. É importante que o trabalhador leve o comprovante de trabalho do estabelecimento de saúde onde presta seus serviços e cartão de vacina para comprovar os 6 meses da segunda dose.

De acordo a Fundação Municipal de Saúde (FMS), os trabalhadores conseguirão agendar normalmente, pois não vão utilizar os cadastros registrados na primeira e segunda dose.

Deixe seu comentário