Tripulantes de navio cargueiro que tombou nos EUA são resgatados

Sul-coreanos sobreviveram ficam na sala de máquinas com temperatura de 65,5ºC. Navio tombou no domingo, na costa da Geórgia.

Foto: Reprodução \ Web Equipes de resgate retiram tripulante de navio cargueiro que tombou na costa da Geórgia, nos EUA
Equipes de resgate retiram tripulante de navio cargueiro que tombou na costa da Geórgia, nos EUA

Os quatro tripulantes sul-coreanos que ficaram presos no cargueiro que tombou na costa da Geórgia, nos Estados Unidos, foram resgatados com vida nesta terça-feira (10). Eles estavam na casa de máquinas da embarcação no escuro e com uma temperatura de 65,5ºC.

O cargueiro Golden Ray, que transportava carros, tombou na madrugada de domingo (8) perto do porto de Brunswick. Vinte tripulantes foram resgatados, mas os quatro permaneceram desaparecidos. A complicada operação de resgate foi suspensa temporariamente, depois do acidente, porque o navio estava instável e havia fogo na estrutura. A fumaça impedia que os socorristas avançassem.

De acordo com um dos envolvidos no resgate, eles sobreviveram a “condições infernais”. Tim Ferris, da empresa de salvamento Defiant Marine, disse à Associated Press que os tripulantes “estavam sendo cozidos” por causa da temperatura de 65,5ºC que fazia na sala de máquinas onde eles estavam trancados.

Ferris contou que o resgate mais assustador foi de um dos tripulantes que estava em uma sala de controle com a porta debaixo d'água. Os socorristas tiveram que usar um cortador de ponta de diamante para criar uma abertura na porta, que é projetada para suportar uma explosão.

Os envolvidos nas operações de resgate precisaram encher os bolsos com sacos de gelo para suportar o calor.

O navio pertence a uma empresa do grupo Hyundai. Ele tinha parado horas antes no porto de Brunswick. A embarcação transportava vários carros, de acordo com a Associated Press.

As causas do acidente são investigadas.

Fonte: G1

Deixe seu comentário