Voluntariado online: uma forma de ajudar o próximo em tempos de isolamento social

Instituto inova e capacita voluntários para continuarem promovendo ações sociais por meio da Internet
Por Redação Verdes Campos Sat 11 de Setembro de 2020 às 11:47

Foto: Reprodução/ Internet Voluntariado online: uma forma de ajudar o próximo em tempos de isolamento social
Voluntariado online: uma forma de ajudar o próximo em tempos de isolamento social

Devido à pandemia causada pelo novo coronavírus (COVID -19), o Instituto MRV virtualizou suas atividades com o intuito de continuar promovendo ações sociais. Para isso, reuniu e capacitou seus voluntários para encarar este novo momento dentro de uma realidade completamente nova, mas igualmente transformadora. 

No Instituto, mais de 100 pessoas estão participando de ações de voluntariado. "Especialmente nesse momento de isolamento social, ao contribuirmos com o próximo, mostramos que nossa missão de transformação do país por meio da educação está sendo cumprida", ressalta o diretor do Instituto MRV, Raphael Lafeta.

Os voluntários estão promovendo o incentivo ao hábito da leitura, desenvolvendo habilidades profissionais de jovens para o mercado de trabalho e estão orientando as Organizações da Sociedade Civil (OSCs), vencedoras da 7ª edição do programa Educar para Transformar, que trabalham em parceria com escolas públicas, ajudando essas instituições de ensino no seu desenvolvimento.

Raphael Lafeta lembra ainda que atuar nesta frente garante a possibilidade de contribuir positivamente para o contínuo desenvolvimento destas organizações e, paralelamente, garantir o crescimento econômico e social do país. O uso dessas estratégias possibilita o fortalecimento sustentável da sociedade, proporcionando inclusão com ações embasadas em educação.

Ao todo, já foram somadas mais de 250 horas de voluntariado nos diversos programas desenvolvidos pelo Instituto MRV. Para a Analista de Desenvolvimento Humano, Mariana do Prado, que é voluntária do Instituto MRV desde 2018, ter a oportunidade de participar agora do voluntariado online está amenizando este momento difícil de quarentena. Segundo ela, compartilhar suas experiências e seu conhecimento está sendo muito positivo e participar de uma ação de voluntariado, no projeto FuturaMente, contribuindo para o momento inicial da carreira de um jovem, tem sido um diferencial para o seu desenvolvimento. "Eu sou tutora, mas também estou aprendendo com meu tutorado. "A gente sempre tem com o que contribuir e o que aprender", destaca Mariana.

De Teresina, a auxiliar de Qualidade e Pós Entrega, Liliane Monteiro Pessoa, participou do Projeto Lá Vem História a nível nacional. "Foi uma experiência gratificante, ler, interpretar e interagir com as crianças", explica a voluntária.

Conheça alguns dos projetos de voluntariado Online:

Por meio do programa "Seu filho, Nosso futuro" o Instituto MRV desenvolve dois projetos: FuturaMente e Lá vem história.

No projeto FuturaMente, o Instituto MRV estabeleceu uma parceria com a empresa Oracle, possibilitando que mais de 50 jovens entre 15 e 24 anos realizem um curso online de Tecnologia da Informação e programação.  Além de, por meio de encontros virtuais com os voluntários, levar conteúdo sobre desenvolvimento profissional e habilidades para o mercado de trabalho, em parceria com a Junior Achievement.

Os encontros virtuais, acontecem em formato de tutoria, a cada quinze dias, e os alunos têm acesso online a conteúdos sobre carreira, mercado de trabalho, construção de currículo, oratória, comunicação, redes sociais e outras atividades voltadas para o primeiro emprego.

Já para as crianças de até 9 anos de idade, implantou, de forma online, o projeto Lá vem história, com o intuito de incentivar o hábito da leitura. Esta iniciativa contou com a participação de uma equipe de mais de 30 voluntários, que foram capacitados para que pudessem realizar o ato de contar histórias de maneira lúdica e criativa para entreter as crianças durante o período de isolamento social.

Já em relação ao Educar para Transformar, carro chefe do Instituto, que tem como objetivo promover transformação social na vida de crianças e adolescentes, por meio de chamadas públicas que contemplam OCS de todo o Brasil, também passou por reformulações. Cerca de 10 líderes da MRV foram capacitados para orientar virtualmente estas organizações vencedoras da 7ª edição da chamada, para que desenvolvam um produto ou serviço que auxilie na sustentabilidade e independência da instituição, além de colaborarem com ideias e experiências para melhoria da gestão.

A ideia é que os idealizadores dos projetos vencedores tenham sua própria fonte de recursos. A capacitação é realizada em parceria com o Hub Social, que leva conteúdo sobre gestão, estratégia, comunicação, mensuração de impacto e empreendedorismo social.

Deixe seu comentário