Wesley Safadão volta aos tempos da brilhantina para promover single

Safadão parece ter gostado da experiência de recriar em vídeo aquele tempo de romantismo

Foto: Reprodução/Web Safadão parece ter gostado da experiência de recriar em vídeo aquele tempo de romantismo
Safadão parece ter gostado da experiência de recriar em vídeo aquele tempo de romantismo

Há dois anos, Wesley Safadão entrou no clima da década de 1950, a convite da Ivete Sangalo, na filmagem do clipe da música À vontade (Ivete Sangalo, Gigi e Radamés Venâncio, 2017), gravada pela estrela baiana com a participação do cantor cearense de forró. A inspiração assumida foi a estética retrô do filme norte-americano Grease – Nos tempos da brilhantina (1978), ambientado naquela década.

Safadão parece ter gostado da experiência de recriar em vídeo aquele tempo de romantismo e azaração mais (ou menos) comportada.

Na primeira música lançada pelo artista após o álbum WS mais uma vez(2018), Igual ela só uma, o cantor evoca similar estética retrô no clipe dirigido por Mess Santos e lançado simultaneamente com o singlegravado com produção musical de Rod Bala. A diferença é o clima, mais dançante e frenético no clipe de Ivete.

De autoria dos compositores Renno, Junior Gomes, Thales Lessa e Hiago Nobre, a música Igual ela só uma – já cantada há algum tempo por Safadão em shows, mas até então inédita em disco – propaga fidelidade e romantismo à moda antiga, mas na batida contemporânea do forró eletrônico típico do repertório do cantor.

Protagonizado por Safadão com o trio de atores Bruna Hamú, Carol Oliveira e Nando Rodrigues, o clipe de Igual ela só uma apresenta cinema no estilo drive-in, carros antigos e penteados que aludem aos tempos da brilhantina. Déjà vu.

Fonte: G1

Deixe seu comentário