Zé Pereira e Carnaval em Timon serão suspensos devido à pandemia

A decisão foi adotada após reunião realizada pela prefeita Dinair Veloso juntamente com a equipe de governo.
Por Redação Verdes Campos Sat 14 de Janeiro de 2021 às 12:17

Foto: Reprodução/ Ascom Zé Pereira e Carnaval em Timon serão suspensos devido à pandemia.
Zé Pereira e Carnaval em Timon serão suspensos devido à pandemia.

A 21ª edição do Zé Pereira de Timon e as festividades de Carnaval, no município, serão suspensas. A decisão foi adotada após reunião realizada pela prefeita Dinair Veloso com a equipe de governo e se baseia na prudência de evitar a disseminação do vírus.

Atualmente, segundo dados do último boletim epidemiológico, Timon possui uma taxa de reprodução inferior a 1, que representa uma “margem de segurança” recomendada pelas autoridades em saúde.

“Sabemos da importância que o tradicional Zé Pereira tem pra nossa cidade, estamos enfrentando uma pandemia, estamos otimistas com as previsões para o início da vacinação no Brasil, mas, enquanto esse momento não chega, precisamos nos proteger, cada um fazendo sua parte. Por isso, suspender os eventos deste período de carnaval é o mais certo a se fazer, para assegurar a saúde dos timonenses” reforçou a prefeita.

Para o secretário municipal de saúde, Jeferson Veras, o fato do município não estar em uma situação crítica é mais um motivo para manter a prevenção “a secretaria de saúde entende não ser razoável a realização de eventos que gerem grandes aglomerações ou que a possam possibilitar a proliferação do vírus da COVID-19, devemos manter os cuidados para não alcançar um novo pico da doença”, pontuou Jefferson Veras.

A presidente da Fundação Municipal, Leiliane Monteiro destacou que tem acompanhado diariamente junto à secretaria de saúde os dados epidemiológicos.

“Nossa prioridade é a saúde dos timonenses, o Zé Pereira é o maior evento pré – carnavalesco da região dos Cocais e seria impossível manter os protocolos determinados pela Organização Mundial de Saúde, optar pela suspenção é ter compromisso com a população.”

Com a pandemia do novo coronavírus, as cidades onde ocorrem as principais festas carnavalescas cancelaram ou suspenderam os eventos para não causar aglomeração e evitar a proliferação da Covid-19.

Fonte: *Com informações da Ascom.

Deixe seu comentário